Impacto Sustentável como Missão

O Nosso Impacto É Enfrentar os Desafios da Humanidade

Com 40 anos de história, a Nova SBE é o lugar onde a segurança dos livros encontra a coragem do laboratório, mas também um lugar comprometido com o seu papel em prol de um futuro melhor e mais sustentável. Isso significa abraçar a sustentabilidade, na sua essência, a fim de poder facultar um plano para os nossos futuros líderes alcançarem a paz, a prosperidade e um equilíbrio agora e no futuro.

Da Missão à Visão
Um Modelo de Impacto Alinhado com os ODS

Da Missão à Visão

Em 2021, a Nova SBE lançou o seu modelo de impacto – um framework que, inspirado nos princípios do Principles for Responsible Management Education (PRME), incorpora os princípios e valores da sustentabilidade nas principais alavancas da escola e mede o contributo da nossa comunidade para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e para soluções significativas e inclusivas ​​que podem transformar o mundo.

Um Apelo Global Para Impulsionar Uma Mudança Transformadora
Uma Comunidade com Um Papel a Desempenhar

Um Apelo Global Para Impulsionar Uma Mudança Transformadora

Enquanto escola com um papel a desempenhar, queremos posicionar-nos e mostrar como estamos a contribuir com conhecimento, empregando e criando iniciativas para dar resposta aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). É por este motivo que a Role to Play Platform foi criada – para incentivar e inspirar todos a também desvendar o seu Role to Play.

Inspirando Mudanças Tangíveis
Jornada Para o Impacto

Inspirando Mudanças Tangíveis

Todos os anos apresentamos os diversos programas, projetos e iniciativas que a Nova SBE e a sua comunidade desenvolveram para responder a alguns dos maiores desafios mundiais. O relatório Nova SBE Road to Impact Report apresenta as atividades desenvolvidas pela nossa comunidade e traduz a responsabilidade da escola com a sociedade em geral e os nossos stakeholders.

SDG Journey

Um Caminho de Mil Passos Começa Sempre com Um Primeiro

A Nova SBE iniciou a sua SDG Journey para cumprir os objetivos de 2030 e garantir que os seus esforços tenham um contributo significativo. Os primeiros passos desta viagem incluíram:

  • Formação sobre os ODS para a comunidade Nova SBE, incluído no programa de onboarding;
  • Nas semanas de boas-vindas para os novos alunos de licenciatura e mestrado – com a Nova SBE Discovery Week – incluímos atividades específicas relacionadas com os ODS;
  • Mapeamento dos programas académicos (de todos os níveis) a fim de identificar os programas que promovem a aprendizagem de conhecimento sobre, pelo menos, um ODS. Esta análise resulta não só na integração de um novo campo no template do Syllabus dedicado à descrição da “relação curso-impacto”, mas também da inclusão de novas perguntas no Nova SBE Annual Student Survey para recém-graduados relativamente à sua perceção do nível de aprofundamento de temas de sustentabilidade durante o seu programa académico;
  • Início de mapeamento da relação da investigação do nosso corpo docente com a Agenda dos ODS;
  • Desenvolvimento do Modelo de Impacto da Nova SBE, que norteia ​como as atividades da escola enquanto instituição do ensino superior são medidas e analisadas;
  • Lançamento do maior apelo à ação da nossa comunidade através de uma nova assinatura de impacto – o Role to Play – que se materializa em duas plataformas. Uma das plataformas é dedicada à disseminação de conhecimento e projetos desenvolvidos pela comunidade Nova SBE e outra agrega iniciativas focadas em sustentabilidade nas quais qualquer membro se pode inscrever.
Liderar por Exemplo

Our Walk the Talk

O verdadeiro progresso em direção à sustentabilidade requer mudanças até nos nossos próprios processos, estrutura de governança e políticas.

A Nova SBE foi galardoada com o prémio bandeira verde Eco-Escolas e foi reconhecida pela Ellen MacArthur Foundation. Ambas as distinções devem-se à gestão ambiental do campus e às diversas entidades que o integram, promovendo ativamente a mudança de comportamentos e atitudes junto da comunidade.

Procedimentos estabelecidos na Nova SBE:

Resíduos e plástico

  • Materiais e embalagens: Recolhidos pela Câmara Municipal de Cascais e encaminhados para a TRATOLIXO, empresa intermunicipal de gestão de resíduos urbanos;
  • Embalagens de bebidas: A Nova SBE lançou um projeto-piloto pioneiro, em parceria com a TOMRA, para a execução de um sistema de depósito obrigatório de embalagens de bebidas comercializadas no campus de Carcavelos, único no país. Este permite que os consumidores sejam ressarcidos do valor de depósito de 0,15€ que pagam aquando da aquisição de bebidas embaladas  de uso único (vidro, metal e plástico) . Desta forma é diminuído  o impacto ambiental  é promovida a reciclagem. A máquina de depósito obrigatório encontra-se disponível no piso 0 do Cascais Academic Hall.
  • Outros tipos de embalagens: Recolhidas seletivamente através de  de recipientes próprios instalados no campus;
  • Resíduos elétricos e eletrónicos: Depositados na Nova SBE e entregues à ERP para reciclagem;
  • Resíduos têxteis: O oikos Lisbon e o Nova SBE Food Student Club apoiam a parceria da Nova SBE com a Associação Zero Desperdício. Os resíduos têxteis e alimentares são entregues no Centro Paroquial de Carcavelos e distribuídos entre instituições locais e restantes beneficiários;
  • Resíduos alimentares: Os resíduos alimentares são recolhidos nas opções de restauração disponíveis no campus e no Pingo Doce & Go e entregues à TRATOLIXO para a produção de composto orgânico.

 

Água

  • Sistemas de irrigação circular: Dispomos de cisternas para captação, armazenamento e conservação de água. Isso permite o reaproveitamento da água da chuva para fins de rega reduzindo, assim, o consumo de água. Além disso, a escola possui furos para captação de água do solo a fim de evitar infiltrações e poder igualmente utilizá-la para irrigação.
  • Pontos de água para encher garrafas reutilizáveis promovendo, assim, o consumo de água da torneira.

 

Energia

  • Painéis solares e outras energias renováveis: a Nova SBE dispõe de 924 painéis solares de 270 kW, que produzem 20 % da energia consumida nos telhados contribuindo com a autossuficiência energética e a redução das emissões de CO2;
  • Iluminação LED: A nossa escola favorece a iluminação LED, ou qualquer outro tipo de iluminação de baixo consumo, em todo o edifício beneficiando, também, da luz natural resultante da arquitetura do campus;
  • Consumo responsável: levámos a cabo estratégias de monitorização para que todos os sistemas não essenciais fossem desligados fora do horário de trabalho.

 

Espaços exteriores

  • Programa Cascais Oxigénio: A Nova SBE comprometeu-se publicamente a plantar uma árvore por cada quatro alunos graduados, o que equivale a cerca de 500 árvores. Por este projeto, a Nova SBE Students’ Union aliou-se ao Cascais Oxygen Program, um programa que protege a natureza e a biodiversidade no concelho de Cascais através de ações voluntárias. A Nova SBE SU é agora responsável por um terreno no Parque Natural de Sintra-Cascais há mais de cinco anos. As responsabilidades do grupo incluem plantação, erradicação de espécies invasoras, limpeza manual da vegetação na caldeira e montículos, irrigação, cultivo e controlo de espécies invasoras.​Em 2021, a Nova SBE Students’ Union alargou esta atividade à comunidade Nova SBE, nomeadamente a colaboradores e docentes da escola;
  • The Navigator Park: A Fundação Alfredo de Sousa, a Nova SBE e a The Navigator Company inauguraram um parque arborizado de 3000m2 com 7900 plantas de 20 espécies resistentes às alterações climáticas. O objetivo é oferecer um espaço de lazer e recreação à comunidade escolar e municipal e, simultaneamente, estimular a biodiversidade local.

 

Mobilidade

  • Comboios: em parceria com a CP, a Nova SBE oferece descontos especiais no passe mensal à comunidade Nova SBE;
  • MOBI Cascais: é igualmente disponibilizado um autocarro MOBI Cascais, que inclui a Nova SBE como ponto de destino;

 

Campanhas de sensibilização
No âmbito do Cascais Smart Pole, a Nova SBE está a promover o Sustent'Arte. Trata-se de um projeto que apoia artistas que aproveitam os resíduos encontrados no mar e nas praias para recriar figuras mundiais importantes na luta contra as alterações climáticas. As duas primeiras instalações já estão no nosso campus.

A Nova SBE pretende dar o exemplo e, assim, oferece um conjunto de iniciativas de sensibilização relativamente aos ODS, promovem o bem-estar, diagnosticam índices de motivação e aprendizagem na escola e proactivamente refletem quais serão as atividades que poderão impulsionar uma cultura orientada para o impacto.

O desenvolvimento sustentável existe numa série de diferentes departamentos:

People & Culture

  • Lançamento da política de voluntariado para todos os colaboradores;
  • Talento e desenvolvimento, desde workshops sobre os ODS, gestão de tempo e liderança à participação em formações específicas da Executive Education & Business Transformation (i.e., a pós-graduação em desenvolvimento sustentável ou a formação em Sustainable Finance).
  • Relatório de dados alinhados com os padrões Global Reporting Initiative (GRI), incluindo desagregação por género e idade;

 

Pré-experiência

  • Integração das questões relacionadas com os ODS no Nova SBE Annual Student Survey – um inquérito de satisfação dos alunos lançado a todos os alunos ativos e graduados (licenciatura e mestrados) em abril do ano letivo em vigor. Este inquérito abrange as várias dimensões da experiência do aluno, desde o seu primeiro contacto com a escola enquanto candidato à fase de admissão e integração, bem como a satisfação com os serviços e instalações da escola;
  • Resultados de 2021
    - 89 % dos alunos estão satisfeitos com as preocupações e práticas ambientais;
    - 77 % estão cientes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU quando terminam o curso;
    - 70 % dos alunos estão satisfeitos com o desenvolvimento geral do aluno e com o apoio ao bem-estar.

O Desenvolvimento Sustentável está sob a supervisão do Associate Dean for Community Engagement & Sustainable Impact. A interdisciplinaridade da área ativa naturalmente uma correlação com várias áreas da Nova SBE, desde Pré-experiência a Executive Education & Business Transformation, de Corporate & Alumni a Carrers @ Nova SBE, de People & Culture a Faculty Affairs.

Os Nossos Projetos de Envolvimento Comunitário

Juntos Pelo Desenvolvimento Sustentável

A Nova SBE pretende contribuir com o processo de formação dos alunos em contextos vulneráveis ​​para que possam atuar no desenvolvimento das suas competências e a sua futura integração no ensino superior seja facilitada. Isto significa que a escola tem como dimensão fundamental a mobilidade social destas pessoas.

Está a ser concebido um programa de mentoria de oito anos que visa apoiar os alunos, do 5.º ao 12.º ano, em contextos vulneráveis. Este faz parte de um projeto maior da Câmara Municipal de Cascais que conta ainda com parceiros como Teach 4 Portugal e Dream Shaper.

A Nova SBE, com o apoio do Movimento Transformers e da Sair da Casca, focará os seus esforços na oferta de quatro dimensões de mentoria – explicações, inspiradores, artística/desportiva e psicológica. Pretendemos que, em poucos anos, todos os alunos apoiados terminem o ensino secundário, se candidatem ao ensino superior e, eventualmente, ingressem na Nova SBE.

O objetivo deste programa é consciencializar a comunidade Nova SBE para os ODS e demonstrar o esforço conjunto que está a ser desenvolvido relativamente aos desafios sociais e ambientais. Cada ODS tem sua equipa, que é composta por colaboradores e alunos.

A primeira edição está em curso e conta com mais de 50 pessoas.

Abaixo poderá encontrar alguns dos projetos resultantes atualmente em desenvolvimento.

  • A equipa do ODS 3 está a preparar-se para lançar um projeto-piloto que permitirá à Nova SBE disponibilizar produtos de higiene feminina nas casas de banho do campus. A iniciativa resulta de um inquérito feito à comunidade sobre a sua necessidade para justificar a sua relevância;
  • A equipa do ODS 5 está a recolher dados de todas as equipas da Nova SBE para perceber as diferenças de género entre todas e propor recomendações de recrutamento e retenção de talentos sobre como aumentar um equilíbrio de representatividade de género;
  • A equipa do ODS 9 está a trabalhar diretamente com a Câmara Municipal de Cascais para aumentar a sensibilização e envolvimento do projeto “EU SOU DIGITAL”, que tem como missão dar competências digitais básicas à população portuguesa;
  • A equipa do ODS 12 analisou a perceção da comunidade Nova SBE sobre as opções alimentares no campus da qual se destaca a necessidade de uma maior variedade de opções vegetarianas, saudáveis, sustentáveis e veganas;
  • A equipa do ODS 15 está a preparar um guia de “consumo alimentar sustentável” inspirado no Nova SBE Green Guide.

Este programa foi criado para dar continuidade aos projetos de consultoria pro bono desenvolvidos pelos clubes de alunos da Nova SBE ou dissertações de mestrado cujos clientes são organizações do terceiro setor.

Uma vez que a Fundação AGEAS aposta no aumento da capacitação destas organizações, apoia também os alunos da Nova SBE na execução das recomendações destes projetos através de uma bolsa de estágio. Como complemento, a Fundação AGEAS atribui um mentor especialista na área do projeto para apoiar, voluntariamente, o estagiário.

A Nova SBE desenvolveu uma parceria com o projeto Girls for Girls (G4G), um programa global de mentoria, da Universidade de Harvard, hoje presente em 27 países, que foi desenvolvido para capacitar mulheres que procurem papéis de liderança nas suas carreiras pessoais e profissionais.

Se é uma mulher apaixonada por igualdade e inclusão de género, ou uma aluna que procura ter uma mentora como orientadora então entre em contato connosco – roletoplay@novasbe.pt.

Através do Role to Play – Get Involved, a Nova SBE permite que as organizações da sociedade civil apresentem as suas iniciativas e oportunidades de voluntariado à nossa comunidade e utilizem esta plataforma internamente para gerirem o seu voluntariado.

A Nova SBE está a alcançar muitas organizações que já se envolveram com membros da comunidade e através desta plataforma. Não só a escola as apoia na aprendizagem e utilização da mesma como trabalha com as mesmas para, através dela, atinjam os objetivos traçados.

Paralelamente, estão também a ser estabelecidos protocolos com cada organização da sociedade civil que permitem que a infraestrutura de campus possa ser utilizado por meio de uma taxa reduzida.

Apoiamos os projetos dos nossos clubes de alunos e das iniciativas que os alunos desenvolvem no âmbito das disciplinas em que estão inscritos.

Alguns dos melhores exemplos incluem:

  • Melhoramento do sistema de gestão de resíduos no campus da Nova SBE. Para apresentar soluções sustentáveis ​​e de fácil execução analisámos o comportamento e os hábitos de reciclagem, padrões de geração de resíduos, consciencialização e atitude em relação à reciclagem dos principais acionistas envolvidos;
  • Feira do Voluntariado – potencializada pela Nova SBE SU. A escola acolhe, no campus, organizações com o objetivo de se apresentarem aos alunos e encontrarem voluntários para apoiar o seu trabalho;
  • Nova SBE Pride Association Student Club – trata-se de um clube de alunos que identifica os principais problemas que os alunos enfrentam devido à falta de procedimentos adequados para acomodar e celebrar a diversidade. O clube apresenta soluções diretas e viáveis ​​para os principais problemas que possam existir ao conversar diretamente com os alunos e enfrentando essas adversidades.
Juntos, o Nosso Impacto É Maior

Crescemos Corajosamente a Partir das Parcerias Que Estabelecemos

UN PRME

Em 2013, a Nova SBE tornou-se oficialmente membro do Principles for Responsible Management Education (PRME). Em 2020, tornou-se uma das instituições participantes do PRME's four Champions confirmando a sua promessa de, nos dois anos seguintes, transformar a educação em prol dos ODS. Em 2021, a Nova SBE foi nomeada presidente do Chapter Iberia. Neste comité, que conta com outros cinco signatários portugueses e espanhóis – UPF, IPVC, ISEG e ISCTE –, a escola lidera a execução de um Plano Estratégico 2022-2025 e espera crescer a partir das parcerias que estabelecer.

Saiba mais

GRACE

A Nova SBE aderiu ao Movimento do Grupo Português de Empresas Responsáveis (GRACE), que reúne empresas nacionais que se comprometem a incorporar os princípios da sustentabilidade e da responsabilidade social corporativa na sua governação. O nosso corpo docente participa em clusters temáticos (finanças responsáveis e igualdade de género) e aproveita o seu conhecimento na área de voluntariado para melhorar o seu envolvimento com o terceiro setor.

Saiba mais

Ellen MacArthur Foundation

Após a assinatura, em 2019, do “New Plastics Economy Global Commitment”, a Nova SBE tornou-se oficialmente parte da comunidade de universidades de perfil da Ellen MacArthur Foundation, reconhecendo todos os projetos e iniciativas que lançou, o seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a forma como pretende participar na reconstrução do futuro ao lado das partes interessadas nacionais e internacionais quando se trata de uma economia circular.

Saiba mais

United Nations Global Compact (UNGC)

No UNGC, pretendemos mobilizar um movimento global de empresas e partes interessadas sustentáveis para criar o mundo que queremos. Para que isso aconteça, o UNGC apoia as empresas a: agir com responsabilidade, alinhando suas estratégias e operações com os Dez Princípios sobre direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção; e implementar estratégias capazes de promover objetivos societais, como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, com ênfase na colaboração e inovação. A Nova SBE adopta os Dez Princípios enquanto Framework da sua governança, reportando o seu progresso no Relatório de Impacto da escola.

Saiba mais