Bolsas de estudo e financiamento

Licenciaturas

Quer pertencer a uma comunidade aberta de cidadãos globais sem ter de repensar como financiar a sua licenciatura?

A equipa de Scholarships & Study Funding está aqui para ajudar.

A Nova SBE disponibiliza uma variedade de recursos para financiar a sua licenciatura para que possa completá-la sem enfrentar possíveis restrições financeiras.

Ao facultar recursos e assistência personalizada, queremos garantir que o/a acompanhamos no seu processo de crescimento profissional.

Ainda não se candidatou?

Saiba mais sobre os nossos programas de licenciatura.

Candidaturas abertas para a Bolsa Impulso Adultos para o ano letivo de 2023/24

Estão abertas as candidaturas para a Bolsa Impulso Adultos para 2023/24. Esta bolsa está disponível para estudantes de licenciatura. Para se candidatar ou obter mais informações sobre os critérios de elegibilidade e os prazos, clique aqui.

Quais são as opções de financiamento disponíveis?

Bolsas de Estudo

Se quer aumentar as suas hipóteses de obter uma bolsa de estudo da Nova SBE incentivamos que se candidate o mais cedo possível.

Prémios

A Nova SBE, em parceria com diferentes entidades nacionais e internacionais, reconhece anualmente o desempenho académico dos alunos.

Bolsas de estudo

Criado em 2012 por três antigos alunos da licenciatura do ano de 1980 em parceria com a própria Nova SBE, o programa de Bolsas beNOVA pretende contribuir com a supressão de dificuldades financeiras de alunos com talento que queiram frequentar, ou que já frequentem, as licenciaturas da Nova SBE, possibilitando que dêem continuidade aos seus estudos.

As bolsas BeNova ajudam com as propinas, mas também com a alimentação e/ou transportes. Os apoios são atribuídos mediante avaliação da situação económico-financeira de cada aluno por parte do Comitê de Avaliação das Bolsas beNOVA.

Desde o ano letivo de 2012/2013, ano em que o programa de bolsas beNOVA teve início, foram apoiados 147 alunos das licenciaturas em economia e gestão, no ciclo completo ou em parte dele, em propinas, alimentação e/ou transporte.

De realçar que o programa de bolsas beNOVA reconhece e valoriza a importância dos mecenas nesta missão que é tornar possível a continuidade dos estudos de alunos que, de outro modo, poderiam não dispor dos recursos necessários.

A Bolsa Tiago Pires, criada em memória do alumnus Tiago Castanheira Pires (licenciatura em Economia, 2002) no ano letivo 2016/2017, é uma homenagem ao exemplar percurso pessoal e académico que deteve, bem como ao seu envolvimento com a escola. Recentemente, foram criadas as Bolsas beNOVA Mais Longe, que resultam da parceria com a Fundação Mais Longe cuja missão é contribuir para a construção de uma sociedade mais evoluída e desenvolvida, promovendo a educação, os valores da democracia e dos Direitos Humanos, possibilitando e facilitando o acesso à formação e à informação e estimulando a participação cívica.

Elegibilidade

Podem candidatar‐se ao programa de bolsas todos os alunos de nacionalidade portuguesa, e/ou nacionais de países africanos de expressão portuguesa, que tenham sido admitidos nos programas de licenciatura em Economia ou Gestão da Nova SBE.

Candidatura

A candidatura deverá incluir:

  • Curriculum vitae;
  • Comprovativo de matrícula na Nova School of Business & Economics;
  • Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão;
  • Carta de apresentação/motivação;
  • Demonstração da situação económica carenciada – Comprovativo de entrega do Modelo 3 do IRS e Demonstração da Liquidação do IRS do agregado familiar, relativo ao ano anterior, bem como outros documentos comprovativos da situação económica familiar, como Mapa de Responsabilidades de Crédito (Banco de Portugal).
  • Os candidatos de nacionalidade portuguesa devem apresentar comprovativo de candidatura às bolsas de estudo da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES).
  • Os candidatos nacionais de países africanos de expressão portuguesa que tiverem sido apoiados pelos Governos dos respetivos países devem apresentar um documento indicando o apoio recebido.


Todos os candidatos devem indicar se são candidatos ou se já estão a ser apoiados por outras entidades/instituições além das anteriormente indicadas.

Datas de candidatura

  • 2.º e 3.º ano de licenciatura: 14 – 27 Agosto, 2023
  • 1.º ano de licenciatura: 4 Setembro – 8 Outubro, 2023

Bolsas Santander Apoio Universitário

As Bolsas Santander Apoio Universitário são um instrumento que visa impulsionar a igualdade de oportunidades no ensino superior. Destinadas a alunos universitários, visam não apenas melhorar o desempenho académico, mas também abrir portas para estudantes de diversos perfis. Com foco especial em alunos com menor suporte financeiro e alunos portadores de deficiência, estas bolsas são um catalisador para o sucesso académico.

Elegibilidade

São elegíveis para se candidatar a esta bolsa os alunos inscritos num programa de Licenciatura e Mestrado e com residência em Portugal (temporária ou definitiva).

Candidatura

Os candidatos deverão submeter, num PDF único:

  • Modelo 3 do IRS relativo ao ano fiscal mais recente;
  • Apresentação de carta de motivação demonstrativa da importância da Bolsa Santander Apoio Universitário no desenvolvimento pessoal e profissional do candidato;
  • Comprovativo de morada fiscal;
  • Comprovativo de inscrição num dos programas de licenciatura/ mestrado da Nova SBE;
  • Curriculum Vitae;
  • Certificado multiusos, quando aplicável;
  • Comprovativo da frequência do ensino secundário em Escola Secundária em território português.

As candidaturas deverão ser submetidas através da plataforma Santander. Para mais informações, clique aqui.

As candidaturas para a primeira edição de 2024 decorrem de 15 de março a 15 de maio de 2024.

As Bolsas Santander Para Erasmus 2023 destinam-se a apoiar alunos de licenciatura ou mestrado inscritos nas instituições de Ensino Superior que participam neste programa e que pretendam frequentar o programa Erasmus. Têm como objetivo ajudar alunos com limitações económicas, permitindo que prossigam os seus estudos através de programas de mobilidade.

Elegibilidade

São condições obrigatórias:

  • Estar matriculado numa instituição de Ensino Superior com acordo celebrado com o Santander e frequentar um programa de licenciatura ou mestrado respeitando os critérios de elegibilidade do Programa Erasmus+;
  • Ter concorrido a um programa de mobilidade no âmbito do Programa Erasmus+;
  • Mérito escolar: os candidatos deverão demonstrar aproveitamento no ano letivo anteriormente frequentado.


Requisitos específicos:

  • Rendimento anual pessoal ou familiar per capita, conforme IRS de 2021, igual ou inferior a 22 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais (IAS) atualmente em vigor, correspondendo, na edição deste Programa em 4 2022/2023 ao valor total de 9 653,82 € (nove mil seiscentos e cinquenta e três euros e oitenta e dois cêntimos) (4 pontos);
  • Apresentação de carta de motivação demonstrativa da importância da Bolsa Santander Para Erasmus no desenvolvimento pessoal e profissional do candidato (3 pontos);
  • Apresentação de prova da situação económico-financeira que conduz o aluno à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos (3 pontos).


Valor

As bolsas Santander para Erasmus oferecem um complemento financeiro de 500€ ou 1000€.

Candidatura:

De 02 de novembro 2022 a 14 de abril de 2023.

Saiba como candidatar-se aqui. Para mais informações consulte o regulamento.

 

Solidariedade com a Ucrânia
A Nova SBE atreve-se a crescer corajosamente ao ser uma escola na qual qualquer pessoa pode aprender mais, ser e fazer melhor. É por esse motivo que está comprometida a apoiar todos os ucranianos/as a concluírem os seus estudos ao criar bolsas que possam ajudá-los/as a obter o know-how necessário e promovam o seu potencial individual e coletivo.

A Bolsa Nova SBE Yulia Tymoshenko é a forma significativa que a escola encontrou para celebrar a presença de Yulia Tymoshenko nas Conferências do Estoril 2022. É também um tributo às candidatas que, através das suas experiências pessoais, demonstrem um compromisso forte em fazer parte da “geração com propósito”.

A criação de bolsas como a Bolsa Nova SBE Yulia Tymoshenko é uma das formas que a Nova SBE tem de cultivar uma atitude aberta que promova a diversidade em todas as suas dimensões.

A Nova SBE oferece duas bolsas a alunas ucranianas, residentes na Ucrânia, que sejam admitidas num dos seus programas de licenciatura (economia ou gestão).

Elegibilidade:
A cada ano académico, são disponibilizadas duas bolsas a duas alunas ucranianas, residentes na Ucrânia, que sejam admitidas num dos programas de licenciatura (economia ou gestão) da Nova SBE. As candidatas precisam apenas de verificar os critérios de admissão à Nova SBE e submeterem a sua candidatura.

Valor:
A bolsa cobrirá o valor total das propinas referentes ao ano académico em que as alunas são admitidas no programa, acomodação numa das residências de alunos da Universidade NOVA de Lisboa e refeições universitárias.

A Bolsa Nova SBE GAP Year resulta da parceria entre a Nova SBE e a Associação GAP Year Portugal (AGYP) e visa financiar um gap year, com duração entre seis a dez meses, a alunos que terminam a sua licenciatura na Nova SBE e mostrem uma grande determinação para fazê-lo.

O objetivo desta bolsa é contribuir com o desenvolvimento dos alunos da Nova SBE, desafiando-os a fazer uma pausa entre a licenciatura e o mestrado.

Valor:

A bolsa tem o valor de 5000 euros (cinco mil euros) no caso de candidaturas individuais ou de 6500 euros (seis mil e quinhentos euros) no caso de candidaturas a pares.

Elegibilidade:

Os candidatos devem cumprir todos os seguintes requisitos:

  • Ser aluno de licenciatura da Nova SBE;
  • Ter concluído pelo menos 135 ECTS no final do 1.º semestre de 2022/2023, e estar em condições de se licenciar no final do semestre da primavera de 2023 ou ter concluído a licenciatura na Nova SBE no 1.º semestre de 2022/2023.


Candidatura:

De 14 de março a 10 de junho de 2023.

A Kearney alia-se à Nova SBE na implementação de iniciativas que visem promover o acesso a uma educação de excelência, reforçando o compromisso com o desenvolvimento educacional e permitindo que alunos com elevado potencial se foquem no seu desenvolvimento académico e profissional sem obstáculos financeiros.

Valor

O valor da bolsa cobre a totalidade do valor da propina e comparticipa também despesas relacionadas com a finalidade da mesma durante 12 meses.

Elegibilidade

Consideram-se elegíveis, para efeitos de atribuição da Bolsa, os estudantes da Nova SBE que, cumulativamente:

  • Estejam matriculados no 1º  ano dos programas de Licenciatura da Nova SBE de Gestão ou Economia;
  • Estejam inscritos num mínimo de 28 ECTS;
  • Tenham nacionalidade portuguesa ou residência em Portugal nos últimos 3 anos, com referência à data de candidatura;
  • Estejam na condição de estudante deslocado, ou seja, que face à distância entre a localidade onde reside e a localidade onde frequenta o curso, necessita de residir nessa localidade para poder frequentar as atividades curriculares na Nova SBE;
  • Possuam um rendimento anual ilíquido per capita do agregado familiar, com base na nota de liquidação do IRS do ano fiscal anterior, que se encontre num dos escalões previstos no Regulamento das Bolsas de Acesso aos Ciclos de Estudos


O estudante a quem seja atribuída a Bolsa Kearney deverá demonstrar um bom aproveitamento escolar de modo a ser efetuada a renovação da mesma, devendo obter aprovação a um mínimo de 52,5 ECTS no último ano letivo e uma média global acima de 14 valores (0-20).

Candidatura

A candidatura à Bolsa Kearney deverá ser feita através do preenchimento do formulário de candidatura que será partilhado com os alunos.

A candidatura deverá incluir, num documento PDF único:

  • Comprovativo de matrícula na Nova SBE;
  • Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte;
  • Demonstração de morada fiscal;
  • Demonstração da situação económica – Comprovativo de entrega do Modelo 3 do IRS e Demonstração da Liquidação do IRS do agregado familiar, relativo ao ano anterior;
  • Os candidatos que cumpram os critérios de elegibilidade para as bolsas de estudo da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) devem apresentar comprovativo da sua candidatura.


Prazos 2023/24

As candidaturas estão abertas de 10 de janeiro a 9 de fevereiro de 2024.

O Instituto Rodrigo Guimarães une-se à Nova SBE para impulsionar o desenvolvimento da Educação em Portugal. A Bolsa Rodrigo Guimarães para Licencicatura pretende apoiar os estudantes matriculados nas Licenciaturas em Economia ou Gestão da Nova SBE, que demonstrem ter carências económicas e possuem as capacidades e o compromisso em fazer a diferença. Esta iniciativa é um incentivo à perpetuação do espírito de solidariedade e à promoção da sorte, perpetuados pelo Instituto Rodrigo Guimarães.

Eligibilidade

São elegíveis para esta bolsa os alunos que:

  • Estejam matriculados no 1.º ano dos programas de licenciatura da Nova SBE de Gestão ou Economia
  • Estejam inscritos num mínimo de 60 ECTS
  • Tenham uma média de acesso ao ensino superior, para a Nova SBE, igual ou superior a 15 valores
  • Tenham nacionalidade portuguesa ou residência em Portugal nos últimos 3 anos, com referência à data de candidatura
  • Seja detentor de uma bolsa atribuída pelos Serviços de Ação Social, da Universidade Nova de Lisboa, mediante as normas que constam do regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior

Valor

A bolsa cobre 100 % do valor da propina do programa de licenciatura e oferece um valor adicional para suportar ajudas de custo. Caso o aluno selecionado seja um estudante deslocado, poderá usufruir ainda de uma bolsa de deslocação, com o pagamento das despesas de alojamento até um máximo mensal de € 500 durante 36 meses.

Candidatura

A candidatura à Bolsa Rodrigo Guimarães deverá ser feita através do preenchimento do formulário de candidatura que será partilhado com os alunos.

A candidatura deverá incluir, num documento PDF único:

  • Curriculum vitae;
  • Comprovativo de matrícula na Nova SBE;
  • Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte;
  • Carta de apresentação/motivação;
  • Um vídeo até 3 minutos em que explicite as suas motivações na obtenção da Bolsa, com o conteúdo:

- Diz-nos quem és?
- Porque queres esta bolsa?
- O que vais fazer com esta oportunidade?
- Como é que tencionas retribuir para a sociedade esta oportunidade?

  • Demonstração da situação económica – Comprovativo de entrega do Modelo 3 do IRS e Demonstração da Liquidação do IRS do agregado familiar, relativo ao ano anterior;
  • Os candidatos que cumpram os critérios de elegibilidade para as bolsas de estudo da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) devem apresentar comprovativo da sua candidatura.


As candidaturas para o ano letivo 2023/24 decorrerão entre 19 de fevereiro e 19 de março de 2024.

A Bolsa Rodrigo Guimarães para Erasmus tem como objetivo capacitar os estudantes a aproveitar as oportunidades de crescimento pessoal e académico que advêm do intercâmbio internacional. Com o apoio da Bolsa Rodrigo Guimarães para Erasmus, os estudantes podem embarcar na sua jornada com confiança, sabendo que têm os recursos necessários para aproveitar ao máximo a sua experiência Erasmus.

Eligibilidade

São elegíveis para esta Bolsa os alunos que:

  • Estejam matriculados no 1º ano dos Programas de Licenciatura da Nova SBE de Gestão ou Economia;
  • Estejam inscritos num mínimo de 28 ECTS; 
  • Tenham concorrido a programa de mobilidade do Programa Erasmus +;
  • Sejam detentores de uma bolsa atribuída ao abrigo do programa Erasmus;
  • Sejam detentores de uma bolsa atribuída pelos Serviços de Ação Social da Universidade Nova de Lisboa, mediante as normas que constam do Regulamento de atribuição de bolsas de estudo a estudantes do ensino superior;
  • Tenham uma média de acesso à Nova SBE igual ou superior a 15 valores;
  • Tenham nacionalidade portuguesa ou residência em Portugal nos últimos 3 anos, com referência à data de candidatura.

Valor

A Bolsa Rodrigo Guiamarães para Erasmus tem o valor anual de € 3 400, para a duração do programa Erasmus.

Candidatura

A candidatura à Bolsa Rodrigo Guimarães deverá ser feita através do preenchimento do formulário de candidatura que será partilhado com os alunos.

A candidatura deverá incluir, num documento PDF único: 

  • Curriculum vitae;
  • Comprovativo de matrícula na Nova SBE;
  • Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte;
  • Carta de apresentação/motivação;
  • Um vídeo até 3 minutos em que explicite as suas motivações na obtenção da Bolsa, com o conteúdo:

- Diz-nos quem és
- Porque queres esta bolsa?
- O que vais fazer com esta oportunidade?
- Como é que tencionas retribuir para a sociedade esta oportunidade?

  • Demonstração da situação económica – Comprovativo de entrega do Modelo 3 do IRS e Demonstração da Liquidação do IRS do agregado familiar, relativo ao ano anterior;
  • Os candidatos que cumpram os critérios de elegibilidade para as bolsas de estudo da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) devem apresentar comprovativo da sua candidatura.

As candidaturas para o ano letivo 2023/24 decorrerão entre 19 de fevereiro e 19 de março de 2024.

Focados no compromisso com a inclusão, a Nova SBE e a NIDO estabelecem uma parceria com o objetivo de apoiar um estudante deslocado que enfrente dificuldades financeiras, oferecendo-lhe a experiência completa da Nido e alojamento durante um ano, sem custos adicionais.

O pacote de apoio oferecido pela Nido incluirá um quarto estúdio até 23 de agosto de 2024, um conjunto de roupa de cama e utensílios de cozinha na chegada, e encontros agendados com a equipa de residência para garantir que o aluno se esteja a adaptar à vida de estudante. Saber mais

Elegibilidade 

São elegíveis para esta bolsa os alunos que: 

  • Estejam inscritos num dos programas de Licenciatura da Nova SBE
  • Sejam cidadãos nacionais

• Cidadãos nacionais de Estados membros da União Europeia com direito de residência permanente em • Portugal ou seus familiares (nos termos da Lei n.º 37/2006, de 9 de Agosto);
Cidadãos nacionais de países terceiros:

- Titulares de autorização de residência permanente (nos termos do artigo 80.º da Lei n.º 23/2007, de 4 de Julho);
- Beneficiários do estatuto de residente de longa duração (nos termos do artigo 125.º da Lei n.º 23/2007, de 4 de Julho);

  • Sejam estudantes deslocados, conforme demonstração de morada fiscal
  • Possuam um rendimento anual ilíquido per capita do agregado familiar, com base na nota de liquidação do IRS do ano fiscal anterior, que se encontre num dos escalões previstos no Regulamento das Bolsas de Acesso aos Ciclos de Estudos.


Candidatura 

As candidaturas são seriadas de acordo com os seguintes critérios:

  • Rendimentos per capita, do mais baixo para o mais elevado
  • Distância à residência do seu agregado familiar
  • Aproveitamento escolar


As candidaturas encontram-se encerradas.

Ao abrigo do projeto “Civic and Global”, no âmbito do financiamento obtido através do Plano de Recuperação e Resiliência - Componente “Qualificações e Competências”, o presente concurso prevê a atribuição de bolsas de incentivo à (re)qualificação e/ou atualização de competências no âmbito dos programas de Licenciatura da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, cujas atividades letivas decorrerão nos anos letivos 2023/2024 e 2024/2025.

Elegibilidade

As bolsas de incentivo do Programa «Impulso Adultos» destinam-se a adultos que preencham cumulativamente os seguintes requisitos:

  • Tenham completado 18 anos até à data da sua válida inscrição em cursos para os quais haja previsão de atribuição de bolsas no âmbito do financiamento obtido através do PRR;
  • Possuam residência em território nacional ou disponham de autorização de residência válida, temporária ou permanente, e número de identificação fiscal no momento da realização das ações de que forem beneficiários;
  • Não se encontrem abrangidos por outra bolsa ou incentivo similar nem tenham beneficiado previamente de uma bolsa de incentivo atribuída ao abrigo do programa «Impulso Adultos» regulamentado pelo presente.


Valor

O valor de cada Bolsa a atribuir é de € 450.

Candidatura

Os candidatos deverão demonstrar interesse na Bolsas de incentivo do Programa «Impulso Adultos» no formulário de candidatura utilizado para este efeito durante o período de candidatura definido, devendo submeter os respetivos documentos:

  • Cópia do Documento de Identificação (Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte);
  • Curriculum vitae atualizado;
  • Comprovativo de residência em território nacional;
  • Comprovativo de inscrição num dos programas de Licenciatura da Nova SBE;
  • Comprovativo de frequência universitária prévia, se aplicável;
  • Declaração de situação de desemprego, se aplicável, comprovada documentalmente através de Inscrição em Centro de Emprego ou declaração da Segurança Social.


Os candidatos são responsáveis pela verificação regular da sua conta de e-mail (incluindo spam e a pasta de lixo).   

As candidaturas encontram-se abertas de 6 a 30 de maio.

 

Outras bolsas de estudo

Os SASNOVA são responsáveis pela atribuição de bolsas de estudo e auxílios de emergência (apoios sociais directos) da Direcção Geral do Ensino Superior (DGES), a alunos do 1.º e 2.º Ciclo da Universidade NOVA de Lisboa, que visam tornar possível a alunos economicamente carenciados a realização e prosseguimento dos seus estudos.

Para mais informações sobre os critérios de eligibilidade e processos de candidatura consulte: Bolsas da DGES - SASNOVA (unl.pt).

As bolsas de estudo por mérito são atribuídas pelos estabelecimentos de Ensino Superior público e privado aos alunos com aproveitamento excecional, independentemente dos seus rendimentos, de acordo com o Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes de Instituições de Ensino Superior.

Para mais informações consulte: Informações  Bolsa por Mérito | DGES.

O Nova Junior Consulting, uma empresa de consultoria gerida por alunos da Nova SBE dedicada à prestação de serviços de consultoria estratégica, decidiu estabelecer uma bolsa para ajudar os alunos de licenciatura da escola.

A Bolsa NJC destina-se a alunos de licenciatura da Nova SBE com aproveitamento excecional, independentemente dos seus rendimentos, e oferece uma redução de 33 % das propinas e ainda sessões de aprendizagem, oportunidades de networking com os parceiros do clube e ajuda personalizada no desenvolvimento das suas carreiras.

Elegibilidade:

São elegíveis todos os alunos de primeiro ano de licenciatura.

Candidatura:

28 novembro de 2022 a 5 de janeiro de 2023.

Para mais informações consulte o regulamento.

A Bolsa CMA permite aos alunos completarem o programa CMA® (Certified Management Accountant) sem custos.

Em parceria com o IMA (Institute of Management Accountants) são dispobilizadas anualmente dez bolsas que cobrem o valor do exame CMA®. Poderão candidatar-se a estas bolsas os alunos inscritos no mestrado em finanças, bem como os alunos do mestrado em gestão e de um dos programas de licenciatura da Nova SBE. Para mais informações, clique aqui.

A Associação Duarte Tarré atribui todos os anos bolsas destinadas a apoiar a integração social e comunitária de jovens universitários, entre os 18 e os 25 anos, que residam e frequentem uma instituição de ensino superior em Portugal, que demonstrem ter dificuldades soscioeconómicas, de modo a promover a educação e formação profissional.

As candidaturas deverão ser submetidas online no site da Associação Duarte Tarré. Para mais informações, consulte: Bolsas Sociais – ADT – Associação Duarte Tarré (adtarre.pt)

A Fundação Calouste Gulbenkian visa apoiar jovens com elevado potencial académico que se encontrem a frequentar o primeiro ano do ensino superior e que revelem dificuldades económicas, contribuindo com uma maior equidade social e apoiando jovens talentos. Para mais informações sobre estas bolsas, clique aqui.

O Município de Cascais tem priorizado nos últimos anos o investimento em políticas sociais de promoção da educação, ensino e da formação profissional dos jovens do município.

Deste modo, a Câmara Municipal de Cascais pretende promover o programa de Bolsas de Estudo para Estudantes do Ensino Superior residentes no município.

Este programa tem como objetivo a atribuição de auxílios económicos a estudantes que pretendem prosseguir a sua formação académica e ingressar no ensino superior, através da concessão de bolsas de estudo, que comparticipem nos encargos com a educação dos estudantes com menos recursos financeiros, contribuindo assim para facilitar o acesso a uma educação superior de qualidade.

Para saber mais sobre estas bolsas e efetuar a sua candidatura, clique aqui.

Com a iniciativa CIRCE Fellowship Program, a CIRCE quer reunir jovens investigadores e criativos de toda a Europa a fim de realçar, questionar e restruturar o poder inovador das economias criativas através de uma vasta gama de vozes e perspetivas. Com base nos potenciais das economias culturais e criativas, os bolseiros exploram e testam novas formas e soluções criativas para lidar com os desafios do nosso tempo.

Um total de 40 bolsas será atribuído por um período de seis meses. Os bolseiros recebem uma bolsa mensal de 3.800 euros, bem como o apoio de um mentor da CIRCE.

Para saber mais sobre esta oportunidade, clique aqui.

Com o Creative Impact Fund, a CIRCE apoia a implementação ou desenvolvimento futuro de ideias de projetos que trabalham em soluções inovadoras para as principais questões e desafios do presente e do futuro.

No total, o Creative Impact Fund irá financiar 13 projetos de inovação empresarial, incluindo cinco projetos cujas abordagens de solução estão testadas no terreno e prontas para a próxima etapa de desenvolvimento (máx. 200.000 euros cada), e oito ideias de projeto que visam alcançar uma prova de conceito (máx. 50.000 euros cada).

Para saber mais sobre esta oportunidade, clique aqui.

Uma iniciativa conjunta da APIFARMA e do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), a Bolsa Universitária de Mérito APIFARMA promove a igualdade de oportunidades no acesso ao ensino superior a alunos com mérito académico que têm insuficiência económica.

A Bolsa Universitária de Mérito APIFARMA destina-se a estudantes com nacionalidade portuguesa, que se inscrevam pela primeira vez no ensino público e que nele permaneçam todo o ciclo de estudos.

Serão concedidas 10 bolsas, no valor de 6 mil euros cada uma, em cada ano lectivo, aos candidatos elegíveis.

Para mais informações, consulte: Bolsa Universitária de Mérito APIFARMA (uingress.com). Para submeter a sua candidatura, clique aqui.

Prémios

Em parceria com a Nova SBE, a Kearney, conhecida empresa de consultoria, visa reconhecer o aluno com a melhor classificação da unidade curricular de finanças, de um dos programas de licenciatura da Nova SBE, através do prémio Kearney Excellence Award.

Valor:
O prémio tem o valor de 1000€ e é concedido a um aluno por semestre.

Eligibilidade:
Todos os alunos inscritos na unidade curricular de finanças, à exceção dos que se encontram a realizar melhoria de nota, são automaticamente elegíveis para o prémio, não sendo necessária uma candidatura.

Instaurado em 1995 pelo professor Doutor Aníbal Cavaco Silva, o Prémio Democracia e Desenvolvimento visa reconhecer o aluno com a média de conclusão mais elevada da licenciatura em economia.

Valor:
O prémio tem o valor de 1500€.

Como parte da sua missão de reconhecer o talento dos alunos da Nova SBE, a Fundação Amélia de Mello atribui anualmente o Prémio Fundação Amélia de Mello ao aluno com a melhor média de conclusão da licenciatura em gestão.

Valor:
O prémio tem o valor de 1500€.

Dúvidas, perguntas, comentários?

Contate-nos

A equipa de Scholarships & Study Funding está disponível para responder a todas as suas perguntas.

E-mail de bolsas de licenciatura: scholarships.bachelors@novasbe.pt.