Nova School of Business & Economics e Fundação Amélia de Mello reforçam parceria histórica

by Nova SBE.

NovaSBE-Mello

A Fundação Amélia de Mello (FAM) tem sido, desde 1982, um dos mais importantes mecenas da Nova School of Business & Economics (Nova SBE), contribuindo ativamente para o ensino e para a investigação da escola. A FAM e a família José de Mello foram sempre parceiros da escola e estiveram presentes em momentos importantes como a criação do departamento para a formação de executivos de empresas e a contratação de professores internacionais.

Nos últimos 35 anos, foram apoiados mais de 100 alunos com bolsas de estudo. Existem hoje professores da Nova SBE que, durante o seu percurso académico, receberam este apoio da FAM. Economistas como Vítor Gaspar, António Nogueira Leite ou Ana Balcão Reis são exemplos de bolseiros.

Nas palavras do atual Dean da Nova SBE, Daniel Traça: “Esta é uma parceria que tem uma história de 35 anos em que a Fundação Amélia de Mello tem contribuído decisivamente para o ensino e investigação da Nova SBE e estou certo de que em conjunto, com estas novas iniciativas, podemos contribuir para impactar positivamente a sociedade portuguesa.”

A assinatura de um novo acordo por quatro anos marca o reforço da relação entre ambas as instituições. Além das bolsas oferecidas historicamente a alunos de mestrado com carência financeira e do apoio a investigadores nas áreas de Economia e Gestão, a FAM irá contribuir para a criação de uma Cátedra na área de Liderança. A Cátedra da FAM atribuída ao Professor Miguel Pina e Cunha inclui várias iniciativas, entre as quais:

  • Um programa de investigação histórica, económica e social sobre a sociedade portuguesa através do registo de memórias e opiniões de personalidades de mérito assinalável, com o título “Histórias de Liderança do Século XX”.

  • Uma conferência anual sobre os dilemas e paradoxos a que estão sujeitos os líderes empresariais nas decisões do seu dia a dia: num mundo de recursos limitados, como liderar temas que afetam a sustentabilidade, a gestão dos sistemas de saúde ou a criação de emprego? Este será o tema da primeira de várias conferências anuais que serão organizadas no âmbito desta parceria.

A Fundação passará ainda a premiar anualmente o melhor aluno da Licenciatura em Gestão da Nova SBE.

O Dr. Vasco de Mello, Presidente do Grupo José de Mello, passará a integrar o Conselho de Curadores da Fundação Alfredo de Sousa, uma fundação privada sem fins lucrativos, que tem como objetivo único apoiar a Nova SBE e que se encontra a desenvolver o novo campus de Carcavelos.

Ao aceitar a designação para o Conselho de Curadores da Fundação Alfredo de Sousa, Vasco de Mello considerou que se trata de “uma honra do ponto de vista pessoal, que se estende à família a que me orgulho de pertencer, a par do reconhecimento do papel que a Fundação Amélia de Mello tem tido nos últimos 35 anos na ligação à universidade e no apoio à formação de alunos e investigadores.” 

A Nova SBE agradece reconhecidamente este apoio, que muito contribui para atingir o objetivo de se tornar uma escola global de investigação, de atração de talento e de programas de inovação e capacitação de empresas.

O novo acordo foi assinado numa cerimónia solene com a Universidade Nova de Lisboa, que decorreu no dia 12 de dezembro, pelas 17h30, na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

 

Sobre a Fundação Amélia Mello

A Fundação Amélia de Mello foi fundada em 1964 para reforçar e dar continuidade à obra social do Grupo CUF. Desde então que se dedica a inúmeros projetos de cariz social, apoiando a sociedade civil através de áreas como a investigação, a ciência e o ensino. O seu contributo centra-se na atribuição de subsídios a instituições de investigação científica aplicada à indústria e ao progresso das ciências médicas, bem como a atribuição de bolsas de estudo a alunos.

Mais informações sobre a Fundação em http://www.fundacaoameliademello.org.pt/